Blog

Curiosidades sobre o Enem e macetes para arrasar na TRI

Curiosidades sobre o Enem e macetes para arrasar no TRI

O ENEM, criado em 1998 com o objetivo de avaliar a qualidade do ensino médio no Brasil, teve apenas 157 mil inscritos em sua primeira edição, equivalente a 4,9% dos 3,9 milhões de inscritos no Enem 2023. Hoje, diversas universidades o utilizam como forma de ingresso, além de programas de acesso como o Sistema de Seleção Unificada (SISU) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). Neste artigo eu te conto algumas curiosidades e macetes sobre como você pode mandar bem com a correção TRI!

O formato do sistema de seleção unificado para universidades públicas foi estabelecido em 2009. Além disso, até 2016 era possível concluir o Ensino Médio caso fosse aprovado no Enem.

Desde 2013, o ENEM adotou um novo sistema de identificação dos candidatos, com prova personalizada e folha de respostas individualizada, visando aumentar a segurança do exame e evitar fraudes.

A redação do ENEM, tem um peso significativo na nota final e aborda temas sociais, culturais, políticos ou ambientais. Além disso, a prova de redação do ENEM é corrigida por dois corretores de forma independente e, caso haja discrepância na nota, um terceiro corretor é acionado. Você sabia que no Enem 2022 a prova de Redação atribuiu a maior pontuação em 85% dos cursos e 84% das vagas disponibilizadas no Sisu 2023/1?

A TRI, ou Teoria de Resposta ao Item, não trabalha com o número de acertos, mas analisa cada questão (aqui chamada de item) individualmente, verificando a probabilidade de acerto, a partir da aptidão do candidato e dos
parâmetros do item. Assim, não adianta acertar muitas questões cuja probabilidade de que as acertem seja baixa, enquanto errar muitas outras deveria acertar. O fundamento para este procedimento é que o conhecimento é cumulativo e o domínio de habilidades mais complexas depende do domínio prévio de outras mais simples.

Macetes para lidar com a TRI

  1. Tente responder a todas as questões, mesmo que não tenha certeza da resposta, pois todas têm o mesmo valor na pontuação final. A coerência das respostas nas várias áreas de conhecimento é essencial.
  2. Evite chutar aleatoriamente, pois o TRI considera a consistência das respostas. Respostas aleatórias podem prejudicar sua pontuação.
  3. Dedique mais tempo e esforço às matérias com maior peso na pontuação final. Verifique o peso de cada área do conhecimento para a seleção do seu curso ou universidade.
  4. Esteja atento aos detalhes nas questões que exigem uma leitura cuidadosa. Entender bem o enunciado é fundamental.
  5. Pratique com provas anteriores do ENEM para se familiarizar com o estilo das questões e a gestão do tempo durante o exame.

Lembre-se de que o ENEM avalia suas habilidades e conhecimentos adquiridos ao longo da educação básica. Sendo assim, a preparação adequada, calma e foco durante a prova podem fazer a diferença em seu desempenho. Boa sorte!

E, por falar em dicas, você sabia que na plataforma da Estuda.com você consegue verificar quais questões o TRI considera que você deveria acertar em suas avaliações e simulados? Acesse agora mesmo!

Recomendado

As escolas literárias representam diferentes movimentos artísticos ao longo da história, cada um com suas características específicas e contextos históricos….

Será que você sabe quando usar a crase? Entender quando e como utilizar a crase é uma questão que confunde…

O ácido muriático, mais conhecido como ácido clorídrico, é uma substância química importante para diversos setores da indústria e na…

Cadastre-se para receber notícias sobre Educação

Você sempre bem informado(a)🫡. Assine nossa newsletter gratuita!

Política de privacidade*