Estuda.com

Blog

O que foi o Holocausto?

Há cerca de 78 anos terminava o Holocausto, Período conhecido historicamente como o maior massacre da história da Alemanha, que ocorreu entre os anos de 1933 e 1945. Sob o comando de Adolf Hitler, o extermínio aconteceu durante o período da Segunda Guerra Mundial.

 

Neste artigo, você vai saber quem foi Adolf Hitler, como aconteceu o Holocausto e as consequências dele.

 

Boa leitura!

 

Quem foi Adolf Hitler

Adolf Hitler, também conhecido como Adolfo Hitler, em português, foi um líder do partido nazista e principal mobilizador da Segunda Guerra Mundial. Nasceu em 1889, numa cidade do interior da Áustria. Mudou-se para a Alemanha em 1913, onde serviu ao exército durante a Primeira Guerra Mundial.

 

Hitler, ditador e figura principal do Holocausto, acreditava, assim como outros nazistas, que existiam raças e etnias inferiores. Por isso, foram exterminados milhões de judeus, pessoas com deficiência, crianças, homossexuais, negros e demais minorias.

 

O ditador cometeu suicídio em 1945, na Alemanha, após o país perder a Segunda Guerra Mundial.

 

Como aconteceu o Holocausto?

Assim que Hitler chegou ao poder, em janeiro de 1933, iniciou-se a perseguição aos diferentes. O Holocausto surgiu devido a crença nazista de que para ter uma sociedade forte, perfeita e vitoriosa, era necessário o extermínio dos diferentes e daqueles considerados mais fracos.

 

Hitler implantou a ideia de que os judeus eram uma ameaça aos alemães e culpados pelo país ter perdido a Primeira Guerra Mundial, enfurecendo os cidadãos e estimulando uma verdadeira caçada.

 

Afinal, os nazistas eram eugenistas, ou seja, acreditavam que a seleção de indivíduos com determinadas características geraria melhora genética para as futuras gerações. O Holocausto aconteceu em duas fases, antes e depois de 1941.

 

Na primeira fase, o ditador atiçava o ódio e a perseguição aos “inimigos”, até mesmo com propagandas na televisão e rádio. Inclusive, os judeus perderam seus direitos de cidadania na Alemanha. Uma grande parte de judeus acabou se mudando do país, devido a tanto ódio e perseguição.

 

Na segunda fase, que durou seis anos, os grupos minoritários eram perseguidos e conduzidos aos campos de concentração, onde eram torturados das piores formas possíveis.

 

Consequências do Holocausto

Após a morte de Hitler e a derrota alemã na Segunda Guerra Mundial, em 1945, o Holocausto chegou ao fim. Com a ajuda de toda a Europa, os sobreviventes migraram para outros países do continente, mais na parte oeste, para centros de ajuda e acolhimento aos refugiados da Guerra.

 

Outra parte dos sobreviventes emigrou para países latino-americanos, norte-americanos e também para a África do Sul.

 

O evento traumático despertou todo o mundo para a importância de manter a paz, a pacificidade entre os países, a promoção dos direitos humanos e o respeito às diferenças.

 

No mesmo ano, houve a necessidade da criação da Organização das Nações Unidas (ONU), na cidade de São Francisco, EUA, com o objetivo de manter a harmonia e a paz entre as nações, além de evitar o acontecimento de eventos da magnitude do holocausto.

 

Para mais temas históricos como esse, leia os outros artigos em nosso blog.

Recomendado

O sonho de ingressar no curso de Medicina é compartilhado por muitos estudantes, tornando a concorrência acirrada. Com isso, vem…

Se você precisa estudar para provas como o ENEM, nada melhor que montar uma lista de exercícios personalizada com diferentes…

Nesta segunda-feira (13), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou o edital da edição de…

Cadastre-se para receber notícias sobre Educação

Você sempre bem informado(a)🫡. Assine nossa newsletter gratuita!

Política de privacidade*